Guia prático de gestão de marketing para sua startup

11 minutos para ler

Elaborar uma gestão de marketing para sua startup é fundamental para que ela cresça e conquiste uma posição de destaque no mercado. Com atenção dedicada ao marketing digital, é possível alavancar o seu negócio com abordagens eficientes sem gastar muito.

Por oferecerem produtos, serviços e soluções tecnológicas, as startups têm tudo a ver com o universo online. Marcar presença na internet é crucial para o sucesso da estratégia. Ainda que seja relevante buscar por parcerias e mídias offline para promover o seu catálogo de ofertas, antes de tudo, é preciso ganhar terreno nos meios digitais.

Pensando nisso, elaboramos este guia prático sobre gestão de marketing para sua startup. Confira as linhas abaixo.

O que é a gestão de marketing?

A gestão de marketing representa o processo de identificar, antecipar e satisfazer as necessidades dos clientes a fim de melhorar o resultado financeiro do negócio. Ela envolve o desenvolvimento de estratégias de marketing para atrair e manter clientes, bem como a análise de dados para otimizar o desempenho das campanhas.

Esse tipo de trabalho também inclui a implementação de planos de marketing, a realização de pesquisas de mercado, a criação de conteúdos e campanhas publicitárias, o gerenciamento de relacionamentos com clientes e a avaliação contínua do desempenho das atividades de marketing.

Qual a importância da gestão de marketing?

A gestão das estratégias publicitárias é uma atividade vital para qualquer organização que deseja alcançar sucesso. Ela permite às empresas entender melhor seu mercado-alvo, determinar quais estratégias de marketing serão mais eficazes e aumentar o retorno sobre o investimento (ROI), trazendo melhorias nos indicadores de vendas, lucro e demais resultados.

Além disso, ela também ajuda a empresa a desenvolver um plano de marketing eficaz, a monitorar seu desempenho e a ajustar seu curso de acordo com os feedbacks que recebe do público. Por meio dela, a empresa pode alcançar seus objetivos de marketing específicos, tais como aumentar as vendas, melhorar a imagem da marca e fidelizar os indivíduos que já consomem algum produto ou serviço da empresa.

Quais os benefícios do marketing para startups?

As abordagens de marketing digital precisam da segmentação do público-alvo, da mensuração de abordagens e procedimentos e do planejamento estratégico, para evidenciar a imagem mercadológica da startup — seu branding.

Conheça alguns benefícios que apontam a importância de implementar o marketing no seu empreendimento.

Baixo custo

Uma das maiores vantagens do marketing online é o seu baixo custo de adesão, especialmente se comparado às modalidades convencionais. Isso ocorre porque os investimentos em abordagens digitais garante o uso de diversas plataformas, softwares e mídias sociais sem gastar muito.

Além disso, ele permite que você acompanhe os resultados de maneira simples e direta, entendendo quais são as ações que realmente estão trazendo resultados. Desse modo, é possível ajustar as estratégias no meio do caminho para otimizar o uso do dinheiro da startup.

Identificação dos consumidores

A presença nos diversos canais web em que os futuros clientes estão permite reavaliar o perfil comportamental deles, o que possibilita o levantamento de detalhes das suas demandas, como modo de navegação e consumo.

Você ainda pode utilizar esses dados para identificar os questionamentos mais comuns e perfis semelhantes de potenciais compradores, além de encontrar brechas para renovar processos a fim de oferecer itens e serviços mais adequados ao público.

Relação benéfica com o cliente

Graças às inovações tecnológicas, a relação entre marca e cliente ficou mais intensa. Internautas ficam online o tempo todo, avaliam produtos e compartilham experiências entre si. Com o marketing online, é possível estreitar laços duradouros com as pessoas que demonstram interesse em adquirir mercadorias ou planos que fazem parte do catálogo da sua startup.

Por isso, é importante dar liberdade para as pessoas interagirem com a sua marca, gerando transparência. Embora o retorno imediato não seja o faturamento, o importante é que você agrega valor ao seu negócio e eleva a probabilidade de fidelização.

Posicionamento no mercado

Com a atuação em diversos canais de forma integrada (e-mail, redes sociais e apps de mensagem instantânea), você tem a chance de fortalecer a imagem da sua startup. Além de ela ficar mais popularizada, as estratégias de mídia orgânica e a solução de dúvidas criam uma boa reputação. Isso é essencial para montar um negócio de transporte rodoviário de carga, por exemplo.

Além disso, a gestão de marketing possibilita conhecer melhor os concorrentes. Assim, você entende quais são os pontos fracos e fortes e pode implementar ações para aproveitar as oportunidades existentes no mercado. Desse modo, as chances de atrair consumidores e se destacar são grandes.

Abordagem amena

Uma das maiores reclamações sobre o marketing convencional é o quanto ele pode ser invasivo e insistente. No marketing digital, você diminui esse risco, pois entra em contato com a pessoa por meio de canais que ela usa com frequência.

Isso gera uma experiência agradável para os seus consumidores, já que considera as perspectivas deles, como se estivessem dando permissão para contatá-los. Isso permite estabelecer um elo com indivíduos que já tiveram um mínimo interesse nos seus produtos e serviços.

Ganho de eficiência

Com uma boa gestão de marketing é possível aumentar a eficiência da empresa e se diferenciar dos concorrentes. Isso porque esse gerenciamento vai permitir que você aloque os recursos de maneira inteligente e eficaz. 

Além disso, é possível utilizar indicadores relevantes que ajudam na tomada de decisão, como o Retorno sobre Investimento (ROI), Custo de Aquisição de Clientes (CAC) e outros. Portanto, vale a pena usar as estratégias de gestão para usar o dinheiro da empresa de forma eficiente.

Desenvolver a criação de consciência de marca

Investir no marketing para a startup permite ampliar a percepção da marca diante do público. A consciência da marca é vital para startups porque é a primeira impressão que os consumidores têm sobre a empresa e a forma como a percebem.

Quais as melhores dicas de marketing digital para startups?

Implementar boas ações de marketing pode ajudar a startup a crescer rapidamente. Para isso, existem diversas boas práticas que podem ser adotadas. Vamos às melhores recomendações para aplicar a gestão de marketing no seu negócio. Continue a leitura e confira!

Segmente o público-alvo com a criação de personas

Todas as abordagens de marketing devem ser embasadas no tipo de público que a sua startup quer atingir. Ou seja, a elaboração de conteúdos e as comunicações devem ser do interesse dos seus compradores ideais. Por exemplo, se você deseja atuar no mercado de transporte de cargas, deve falar com caminhoneiros, frotistas e fornecedores para fazer parcerias.

Por isso, é importante definir, otimizar e segmentar minuciosamente esses clientes, o que fazem, quais são as suas demandas e necessidades. Isso configura o conceito de persona — perfil que representa o consumidor ideal de uma empresa —, que é uma ferramenta de grande importância para que as abordagens tenham sucesso. Sua criação é a base do marketing digital, pois abrange características comportamentais de indivíduos que sua startup deseja alcançar.

Esse conhecimento será aplicado na criação de uma comunicação mais eficiente, além de favorecer o direcionamento de conteúdos. Assim, é possível aumentar as chances de a sua marca se aproximar emocionalmente dessas pessoas.

Use o marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo tem como objetivo a elaboração e o compartilhamento de materiais ricos, que agregam valor aos internautas, despertando o engajamento e o desejo a ponto de convertê-los em clientes fiéis.

Contudo, para que a estratégia seja eficiente, é preciso levantar as dores e demandas da sua persona, a fim de fazer uma comunicação certeira, oferecendo soluções que tenham o poder de satisfazê-la por completo.

Os conteúdos devem ser criados de forma consistente e atrativa, abrangendo vários formatos e mídias, como artigos de texto, e-books, infográficos, vídeos, podcasts, entre outros. Dessa forma, os futuros clientes saberão que podem contar com a sua startup para ajudá-los a resolver demandas específicas, como transportar carga com segurança — a exemplo do ramo logístico citado no tópico anterior. Sem falar na chance de a marca se tornar autoridade no assunto, gerando confiabilidade e influenciando escolhas.

Garanta que o seu conteúdo seja encontrado

O Google é o recurso que as pessoas mais utilizam quando têm dúvidas ou precisam encontrar algo. Portanto, se o seu negócio almeja expansão de mercado e alcance na web, ele precisa estar nas primeiras posições desse buscador.

O Search Engine Optimization (SEO) é uma ferramenta de otimização de palavras-chave que acompanha conteúdos compartilhados na internet, pois eleva a probabilidade de serem encontrados pelos internautas. Também garante o crescimento orgânico das visitas ao seu site ou blog, proporcionando retornos gradativos de médio a longo prazo.

Ainda, é possível utilizar o Google Meu Negócio. Essa estratégia é excelente para que pessoas que estão procurando por serviços na sua região consigam encontrá-lo. Portanto, vale a pena cadastrar o seu estabelecimento e colocá-lo no mapa.

Proporcione uma experiência multicanal

O consumidor moderno mantém perfis digitais em diversas plataformas e deseja soluções em todas elas. Logo, a melhor forma de aplicar o marketing digital é marcar presença em vários canais. O público deve conseguir encontrar as mercadorias e serviços com rapidez, por meio de conteúdos relevantes e explicativos, em diversos recursos de contato — e-mail, redes sociais, aplicativos de mensagem instantânea e SMS.

Ao oferecer esse tipo de experiência, você tende a melhorar a jornada de compra do consumidor. Como consequência, ele ficará satisfeito e, provavelmente, vai indicar a sua startup para conhecidos. Assim, você aumenta as vendas e os resultados.

Abrace o e-mail marketing

As mídias sociais e os conteúdos postados com frequência têm a função de atrair os consumidores, mas é com o e-mail marketing que você consegue “alimentá-los”, a fim de gerar conversões e vendas. Com esse recurso gratuito, é possível:

  • engajar com materiais de valor (ofertar artigos específicos):
  • conduzir para jornadas de compras (linkar para o site comercial);
  • favorecer o fechamento do negócio (oferecer descontos e promoções);
  • fidelizar e encantar clientes (pós-venda e retomar o contato após a aquisição).

Ao implementar tais dicas, as chances de ter uma taxa de abertura de e-mail alta e conseguir atingir o seu público com o uso dessa ferramenta são elevadas. Como consequência, há mais vendas e lucratividade no negócio.

Faça testes e mensure resultados

Por fim, temos uma etapa que deve ser avaliada com frequência. Fazer testes e analisar métricas são práticas fundamentais para ajustar manobras de marketing, potencializar resultados, desperdiçar menos tempo e economizar dinheiro.

Conheça algumas métricas que devem ser levantadas:

  • custo por clique;
  • taxa de cliques em anúncios;
  • taxa de abertura de e-mails;
  • índice de conversão;
  • retorno sobre investimento;
  • leads (possíveis clientes) mensais.

O que achou do nosso guia prático de gestão de marketing para startups? Esperamos que as recomendações citadas no conteúdo possam fazer o seu negócio alavancar no mercado. Para isso, basta colocá-las em prática e adotar inovações com frequência para antecipar as demandas do público.

Gostou do nosso artigo e quer continuar aprendendo sobre marketing? Então, curta nossa página no LinkedIn agora mesmo!

Posts relacionados

Deixe um comentário