Como fazer o pitch perfeito

6 minutos para ler

Apesar de parecer fácil, a criação de um pitch perfeito exige a observância de algumas técnicas. É necessário resumir uma ideia da sua startup e trazer uma proposta por meio de uma breve apresentação, com o intuito de atrair e conquistar o interesse do investidor. Essa estratégia é importante para mostrar os aspectos do negócio e apresentar o diferencial da empresa para o mercado.

Nesse sentido, todo empresário deveria saber como elaborar um bom pitch. Afinal, se trata de uma excelente oportunidade para fazer com que o negócio ganhe maior destaque no mercado. Muitas vezes, esse é o momento decisivo para mostrar o seu potencial para os investidores, seja um investidor-anjo ou um fundo de venture capital e demais consumidores.

Afinal, como essa estratégia deve ser elaborada? Neste post, você vai entender o que é e como fazer um pitch perfeito que vai atrair a atenção do seu público-alvo. Boa leitura!

O que é um pitch?

Pitch envolve a ideia de apresentação rápida, resumida e em tópicos sobre a startup ou sobre um produto, ou negócio. Trata-se de uma estratégia muito utilizada no marketing com o intuito de atrair a atenção de investidores, parceiros e sócios em poucos minutos.

O pitch tem o significado de “lançamento ou arremesso” — e essa é justamente essa a intenção. A estratégia pode ser elaborada durante eventos, em momentos informais de networking, programas de capacitação e aceleração etc. Ao apresentar a ideia da empresa para o mercado, há grandes chances de atrair o entusiasmo de patrocinadores interessados em dar prosseguimento ao propósito e plano que foram criados.

Como funciona um pitch?

Não se trata de uma mera reunião para fechar parcerias ou contratos. No pitch, a equipe deve trazer, em tópicos resumidos, uma ideia, uma solução ou uma proposta. É uma forma de trazer o potencial do projeto para o investidor ou parceiro. Geralmente, a apresentação do pitch dura em torno de 3 a 5 minutos. Em outros casos, pode durar até menos, como nos casos de elevator pitch ou one-sentence pitch.

O pitch é uma estratégia bastante utilizada em feiras e eventos de tecnologia, empreendedorismo e startups, onde se concentra um grande número de investidores, incubadoras e representantes de fundos de investimento em busca de projetos interessantes, que sejam realmente promissores.

Se trata de uma maneira de lançar uma ideia e convencer o alvo a financiar o projeto ou a ideia apresentada, de maneira breve. Isso significa que o pitch deve consistir em uma exposição curta e objetiva sobre novas ideias e conceitos acerca do negócio com o intuito de chamar a atenção e convencer o investidor a patrocinar a ideia, viabilizando a concretização do plano.

Como criar um pitch?

Existem várias modalidades de pitch para apresentar o propósito e a ideia do seu negócio. Cada estratégia é criada conforme um objetivo específico. Confira, a seguir, o passo a passo de como elaborar um pitch perfeito!

Conheça o seu negócio

Você deve conhecer as particularidades da sua empresa. Faça um estudo completo sobre o faturamento atual e o esperado, o mercado de atuação, conheça as tendências para o futuro, as preferências do público, como as operações são desenvolvidas como as empresas concorrentes estão se comportando etc. A partir daí, vai ficar mais fácil elaborar os detalhes do projeto.

Estruture o plano

Depois de conhecer mais sobre o próprio negócio, chegou o momento de planejar a estratégia de pitch com mais detalhes. Para isso, você deve escolher argumentos reais e frases de impacto que realmente têm o potencial de atrair o interesse do investidor destinatário.

Apresente os detalhes de criação da startup, a missão e os valores. Depois, traga os diferenciais do seu negócio e os objetivos, ou seja, onde você quer chegar. Nada de improvisar: tenha todo o pitch devidamente estruturado — objetivo, projeto, mercado de atuação, solução oferecida.

Estude o seu público-alvo

Entenda mais sobre o perfil do receptor da sua mensagem. Você sabe quem são os investidores? Sabe do que os CEOs estão em busca? O que eles necessitam?

Caso ainda não tenha uma noção bem-definida sobre o assunto, o ideal é estudar a atuação dos investidores, a escolha dos argumentos e da linguagem levando em consideração o perfil desse público-alvo. Você pode usar uma abordagem voltada para o desenvolvimento de novas ferramentas tecnológicas, novas maneiras de atrair e reter os leads etc.

Passe uma mensagem clara e objetiva

O ideal é que o pitch adote uma linguagem objetiva. As ideias devem ser expostas de modo claro, e causar um impacto positivo para o investidor. No entanto, é importante ter cuidado e evitar dar margem para duplas interpretações que poderiam levar a equívocos e até mesmo diminuir o potencial do seu projeto.

Nesse caso, vale o ditado de que “o menos é mais” O pitch é criado para ser um resumo e não uma longa narrativa. Evite trazer informações com conceitos complexos e explicações profundas. Isso pode causar dificuldade na exposição da sua ideia e trazer o efeito contrário ao desejado.

Mostre o valor da sua solução

A solução contida no pitch deve ser suficiente para convencer os investidores a querer conhecer mais sobre o seu projeto. Portanto, capriche na apresentação. Por isso, diga por que o seu produto ou serviço foi pensado, explique quais as vantagens, esclareça qual tipo de público teria mais interesse em adquirir sua oferta, qual o provável nível de satisfação etc.

Mesmo que a ideia não esteja totalmente desenvolvida, o pitch serve para dar um pontapé inicial para o seu negócio — é uma forma de exteriorizar a sua intenção e passar credibilidade. A partir daí, há grandes chances de o público-alvo se interessar pelo projeto e você poderá contar com o apoio de investidores.

A criação do pitch perfeito requer um estudo prévio da sua empresa, dos concorrentes e da situação do mercado, além da análise sobre as soluções disponíveis. Essa é uma estratégia muito eficiente para ganhar a confiança dos investidores e parceiros, e conquistar investimentos para a empresa.

Quer conferir mais dicas para melhorar os resultados da sua startup? Assine a nossa newsletter e receba os nossos conteúdos na sua caixa de e-mails!

Posts relacionados

Deixe um comentário